SITIO VALE DO SOL

sábado, 29 de janeiro de 2011

Olha a situação da minha casa quando cheguei lá na semana passada! Vou matar esses dois, e comer um por um, mal passado! Arg!
As madeiras são toras de eucalipto do qual serão feitas as varandas, enquanto isso, ai que desepero! Jesus me abana!

Quando é que ela vai ficar assim! Êta sonho difícil!

Eu quero tão pouco...

10 comentários:

  1. Gilmara, estou adorando acompanhar a evolução do sítio, eu até já via a varanda pronta e a cerca branca como a da foto....rsrs.
    Mas o dia que vc decidir casticar os bois me convida (para comer é claro....rsrs.)
    Abraços
    Adelaide

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, Gilmara !
    Fiquei feliz com a sua visita! Vou amar te seguir! Esta sua mudança é muito legal.Vá em frente, em busca da Paz, união e tranquilidade na família,que tanto pedimos! Que Jesus abençoe vc e família para que tudo de certo nesta nova etapa da vida.Precisando estou aqui. Obrigada, pelas palavras de carinho. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá, querida Gilmnara
    Em breve vou tomar um cafezinho aí com vc... passa rapidinho... antes de seus cabelos embranquecerem...
    Vc também gosta da carne mal passada,hein???
    Bjs de paz

    ResponderExcluir
  4. Oi Gilmara, tenho sentido a sua falta.
    Logo que a casa ficar pronta,faço questão de enviar uma lembrancinha, bem mineira, para vc colocar em algum cantinho.
    Por enquanto vou deixar um texto que amo de paixão e que já postei em meu blog.Veja como é lindo!!!

    AMIGO É CASA
    (Capiba / Hermínio Bello de Carvalho)

    Amigo é feito casa que se faz aos poucos
    e com paciência pra durar pra sempre.
    Mas é preciso ter muito tijolo e terra,
    preparar reboco, construir tramelas.
    Usar a sapiência de um João-de-Barro,
    que constrói com arte a sua residência.
    Há que o alicerce seja muito resistente,
    que às chuvas e aos ventos possa então a proteger.

    E há que fincar muito jequitibá
    e vigas de jatobá e adubar o jardim,
    e plantar muita flor, toiceiras de resedás.
    Não falte um caramanchão, pros tempos idos lembrar,que os cabelos brancos vão surgindo
    que nem mato na roceira que mal dá pra capinar

    E há que ver os pés de manacá cheinhos de sabiás.
    Sabendo que os rouxinóis vão trazer arrebóis, choro de imaginar.
    Pra festa da cumieira não faltem os violões,
    muito milho ardendo na fogueira e quentão farto em gengibre aquecendo os corações.

    A casa é amizade construída aos poucos e que a gente quer com beira e tribeira.
    Com gelosia feita de matéria rara e altas platibandas, com portão bem largo que é pra se entrar sorrindo nas horas incertas,sem fazer alarde, sem causar transtorno.

    Amigo que é amigo, quando quer estar presente,
    faz-se quase transparente sem deixar-se perceber.

    Amigo é pra ficar, se chegar, se achegar,se abraçar, se beijar, se louvar, bendizer.
    Amigo a gente acolhe, recolhe e agasalha
    e oferece lugar pra dormir e comer.

    Amigo que é amigo não puxa tapete,oferece pra gente o melhor que tem e o que nem tem.
    Quando não tem, finge que tem,faz o que pode e o seu coração reparte que nem pão.

    Um beijo e um ótimo fim de semana.Esqueci de dizer:este poema foi musicado por Zélia Duncan.
    Sempre Emilinha

    ResponderExcluir
  5. Oi primona! Quanto tempo não passo por aqui...nem pelo meu...abandonei geral..rs
    Nossa, como tô feliz por vc estar realizando o seu sonho da casinha na roça...que maravilha! Sabia que é sono do Lú também?!
    Realizar sonhos é tudo de bom! Parabéns viu, e continue sonhando... beijos carinhosos.

    ResponderExcluir
  6. Passei para lhe dar um abraço e lhe desejar uma semana cheia de coisas boas.
    Muita tranquilidade e paz, viu?
    Emilinha

    ResponderExcluir
  7. Olá, qeurida
    E por falar em nacer um novo e aconchegante lar...
    Segue o meu convite carinhoso de mais uma Coletiva pra VC...
    Entra na roda com a gente!!!
    Abraços com cheirinho do campo...

    ResponderExcluir
  8. ...Gilmara querida.
    eu posso imaginar o que vc sentiu
    ao chegar no paraíso e se deparar
    com os bovinos na recepção...rsrs

    de qqr forma, tudo compensa
    a delícia da paz que o campo
    nos trás!

    vou acompanhar este sonho
    até ver a casa prontinha!

    sorte, minha linda!

    ResponderExcluir
  9. Gilmara. Acompanhar a evolução da sua casa está uma delícia. Cada hora uma novidade, mas tudo se resolve. A qualquer momento, estará tudo prontinho, do jeito que gosta. Sucesso, amiga.

    ResponderExcluir
  10. Olá amiga querida!
    Antes de mais peço desculpa pela demora... :(
    desde que cheguei de férias tenho tido muitas coisas para tratar em casa e ainda não tinha conseguido cá passar...
    Mas estava já com mts saudadinhas suas!!=^.^= Passei também para trazer um miminho de amizade:
    http://dl.dropbox.com/u/2444571/Meu%20Blog/2011%20extrinhas%20blog/mimo%20amizade.gif

    Espero que goste:) bjinhos e bom restinho de semana:)
    Joana Neves
    http://joana-neves.blogspot.com

    ResponderExcluir